Paraná é o primeiro Estado brasileiro a fechar parceria com a Blockchain Research Institute
07/03/2019 - 14:57

Na manhã desta quinta-feira,7, o auditório da Celepar recebeu mais de 170 inscritos para a palestra de lançamento da parceria da BRI Brasil (Blockchain Research Institute) com a Celepar. O evento foi aberto pelo presidente, Allan Costa que ressaltou a importância dessa parceria na desburocratização e inovação no serviço público. “Somos pioneiros no Brasil ao fechar esse acordo, quebrando paradigmas, colocando todos os órgãos do governo para conversar e vamos colocar a Celepar em um novo patamar, respeitando a história da tecnologia da informação, mas sendo o ator principal no papel de inovação, ajudando o Paraná a se transformar no Estado mais inovador do Brasil”. 

Em seguida Carl Amorim, executivo da BRI no Brasil, apresentou todos os modelos de tecnologia que podem ser aplicados na gestão pública do Paraná, como por exemplo, a criação de políticas públicas para desburocratizar os serviços, controle de gastos e orientação estratégica e abertura de novos mercados. “ Vamos oferecer as condições para que o Paraná se transforme em um hub de tecnologia BlockChain no Brasil. Exportando essa expertise e servindo de referência para outros estados da federação”. Além disso destacou também a confiança nos dados, “esses dados são imutáveis, ou seja, uma vez feita a transação não tem como alterar, impedindo assim desvios de recursos públicos e agilidade de processos.”, concluiu Amorim.

 

Na prática

No encerramento do evento foi conduzido um painel pelo diretor técnico da Agência Paraná de Desenvolvimento, Giancarlo Rocco, com representantes do setor privado que já utilizam a tecnologia blockchain e também com a diretora de operações do Paranacidade, Camila Mileke Scucato que detalhou como funciona todo o fluxograma de obras e pagamentos no estado e como a tecnologia poderia facilitar esse trabalho. “Hoje o processo para liberação de recursos em uma obra pública segue um rito burocrático, envio de projeto para financiamento de obra pelo município,  aprovação de projetos pelo nosso corpo técnico, autorização, medição da obra e pagamento. Com essa tecnologia esse processo pode ser simplificado, tornando-se mais ágil. Esse processo pode ser totalmente informatizado, com a possibilidades de acompanhar todas as etapas da obra por um aplicativo, por exemplo.

 

BRI

O Blockchain Research Institute (BRI) é uma organização canadense e independente focada em pesquisas inovadoras sobre a tecnologia blockchain. Possui mais de 80 projetos documentando as implicações estratégicas do blockchain nos negócios, governo e sociedade.
O  desafio da instituição é prover oportunidades de mercado, bem como melhores práticas de implementações, além de inspirar e preparar líderes do setor privado e público para serem os catalisadores da transformação do blockchain.

 

Assinatura do acordo

Os laços do Governo do Paraná com a Blockchain Research Institute, entidade canadense que concentra tecnologias de comunicação, incluindo a plataforma onde funcionam os serviços de criptomoedas, estreitou com o evento Paraná Day.  “A BRI procurou a APD para firmar uma parceria com o Estado. Em seguida reuniões entre os presidentes da APD e Celepar em conjunto com o governador, Carlos Massa Ratinho Junior, definiram os termos desse acordo que foi oficializado na mahã desta quinta-feira. A Celepar vai atuar como gestora dessa parceria utilizando a capacidade técnica da companhia no desenvolvimento e expansão dessa tecnologia no Estado.