Casa Civil

Notícias

12/05/2017

Professora de 93 anos aprende a usar recursos do smartphone em curso da Celepar

Viver sem o aparelho celular é praticamente impensável ou impossível para muitas pessoas nos dias de hoje. Para outras, esta ainda é uma tecnologia que precisa ser compreendida e dominada. É justamente para este segundo grupo que a Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar) organizou o Curso Básico de Smartphone voltado às pessoas da terceira idade.

A quarta turma ocorreu nesta semana, dias 9, 10 e 11, e uma das alunas do curso realizado na própria Celepar foi a professora primária aposentada Edi de Macedo Pedro Tebchirani, 93 anos, natural de Ipiranga (PR). Viúva, mãe de uma filha, avó e bisavó, uma neta e um bisneto, dona Edi comprou um smartphone no ano passado, aparelho usado basicamente para receber e fazer chamadas.

Mas dona Edi queria mais. Ela desejava aprender a utilizar o celular e, principalmente, se comunicar com os amigos pelo WhatsApp. E este desejo ela realizou. “Saio daqui feliz, porque aprendi não apenas a mexer no whats, mas também a tirar fotos, gravar áudios, enfim. Entrei aqui analfabeta em celular, e sei que evolui um pouco”.

Simpática, bem comunicativa, dona Edi é uma mulher bastante ativa. Trabalha o dia todo, incluindo costura de jogos de roupas de cama e roupas de bebê (tricô), pinturas em pano de prato, além de fazer o almoço que diariamente compartilha com a filha. Quando necessita sair de casa, ela pega o ônibus e se desloca para todos os pontos da cidade.

Com este perfil dinâmico, dona Edi não aceitava seus limites no uso do celular. “O ato de aprender é um ato de liberdade. Quando aprendemos deixamos de ser reféns e passamos a dirigir nossas vidas de forma mais fácil e leve. Por isso, recomendo o curso da Celepar”.

E um detalhe importante ela fez questão de destacar. A partir de agora também vai utilizar o whats para enviar às amigas fotos das suas costuras, tricôs e pinturas, “assim posso ampliar a minha clientela”.

Inclusão social

Mais do que um curso sobre smartphone, a capacitação realizada pela Celepar, segundo o presidente Jacson Carvalho Leite, é um processo de inclusão social da pessoa idosa no universo digital. “O cidadão precisa ver no celular um aliado, uma ferramenta tecnológica que pode proporcionar mais comodidade e facilidade no dia a dia, inclusive no acesso aos serviços públicos disponibilizados pelo Governo do Estado na internet”.

Neste sentido, Leite defende a participação mais efetiva da geração da terceira idade neste universo digital, compartilhando suas opiniões, suas histórias de vida e até, se necessário, conselhos. “Vida se aprende vivendo. E a cada dia, independente do que nos ocorre, sempre tiramos lições que também podem ser úteis para outras pessoas”.

Por meio destes cursos, tanto de smartphone como de computador, a Celepar, de acordo com Jacson Leite, realiza um trabalho voltado a despertar nas pessoas chamadas de idosas a autoestima e o potencial do aprendizado, para que elas continuem ensinando, “e o mais importante, contribuindo com a formação de uma sociedade mais justa e humana”.

Curso

Durante três dias, de terça a quinta-feira (9 a 11), 20 alunos participam na própria Celepar desta capacitação gratuita com nove horas de duração. Os inscritos foram divididos em duas turmas, uma pela manhã, das 08h30 às 11h30 e a outra no período da tarde, das 13h30 às 16h30. Ao final, cada participante recebeu um certificado.

No programa distribuído em nove horas/aula consta, entre outros tópicos, a personalização do aparelho celular, como inserir papel de parede ou plano de fundo; aumentar ou diminuir volume e tamanho de letras, mover e/ou excluir ícones, cadastrar, alterar e excluir contatos; ler, enviar e excluir mensagens; baixar aplicativos/ferramentas como WhatsApp e outros, pesquisar informações através de navegador da internet e redes sociais, tirar fotos, compartilhar e limpar galeria de fotos, entre outras possibilidades que esta tecnologia móvel oferece.

O Curso de Smartphone está em sua quarta edição, uma em Pato Branco e três em Curitiba, totalizando 150 participantes. O próximo treinamento vai ocorrer nos dias 27, 28 e 29 de junho na Celepar. Mais informações pelo telefone (41) 3200-5000 ou pelo e-mail celepar@celepar.pr.gov.br.

A capacitação integra o Projeto Celepar Cidadã que envolve ainda o Curso de Acesso à Internet e Redes Sociais através do computador, também voltado às pessoas com idade superior a 60 anos. Iniciado em novembro de 2013, o curso já ocorreu em 30 cidades paranaenses e atendeu a uma população de cerca de quatro mil pessoas.

Depoimentos

“Utilizava somente o WhatsApp em meu celular, mas a partir deste excelente curso, tive um conhecimento muito maior. Indicarei para outras pessoas, com certeza”.

Ayako Yashima, 75 anos

“Adorei esta iniciativa e agradeço muito aos instrutores, eles fizeram toda a diferença. Agora consigo até gravar vídeo com meu celular. Todos os participantes do curso estão num grupo do WhatsApp, ou seja, há uma continuidade também. Muito obrigado, Celepar!”

Luiz Alberto do Rocio Bylnoski, 68 anos

“Olha, sabia um pouquinho, bem pouquinho mesmo. O curso foi maravilho. Os instrutores souberam explicar muito bem todas as ferramentas do celular”.

Regina Itália Bylnoski, 63 anos

“Basicamente, utiliza o celular para fazer e receber ligações. Aprendi muita coisa, como a entrar no Google, fotografar, enviar mensagem de voz e vídeo e, principalmente, o WhatsApp. Valeu muito a pena participar do curso. Perto do que sabia, saio daqui muito melhor”.

Eliany Ferreira, 68 anos

“Sabia um pouco, aprendi bastante. O curso foi muito válido e a participação dos professores e monitores foi fundamental para o sucesso, além do que os participantes formaram um grupo no qual todos se ajudaram”.

Anita Legname, 74 anos

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.