Casa Civil

Notícias

19/05/2017

Celepar vai apoiar a Assembleia Legislativa do Paraná na definição da política de TIC

A Assembleia Legislativa do Paraná vem utilizando as soluções de tecnologia da informação e comunicação para a melhoria contínua dos seus processos administrativos, bem como para aprimorar a participação popular nos trabalhos do parlamento estadual. E, de acordo com o 1º secretário da Casa, deputado estadual Plauto Miró (DEM), o projeto da Mesa Diretora é avançar em inovações tecnológicas que aproximem ainda mais o cidadão dos 54 parlamentares.

Para tanto, Miró esteve nesta quinta-feira (18), na Celepar, reunido com o presidente Jacson Carvalho Leite, para discutir ações conjuntas que auxiliem a Assembleia Legislativa no planejamento de sua política de TIC frente às inovações tecnológicas apresentadas pelo mercado. Ele veio acompanhado pelo diretor-geral Roberto Costa Curta e pelo diretor financeiro João Ney Marçal Jr.

Leite colocou a experiência de 52 anos da Celepar no segmento de tecnologia da informação e comunicação à disposição da Assembleia Legislativa. Além do que, segundo ele, a companhia pode contribuir ainda com informações sobre as políticas públicas do Governo do Estado, por meio dos cases de Business Intelligence (BI’s), para subsidiar as discussões das comissões internas e dos projetos encaminhados ao plenário.

A reunião na Celepar contou também com a participação dos diretores Nelson Garcia, Danilo Scalet e do assessor Carlos Roberto de Oliveira. Recentemente, Jacson Leite esteve na Assembleia Legislativa participando de uma reunião do Bloco Parlamentar Digital, liderado pelo deputado estadual Evandro Júnior (PSDB), onde se discutiu formas de melhorar a participação no popular no processo legislativo pelo uso da tecnologia.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.

  • Facebook

Central de Atendimento

  • Enviar mensagem
  • Chat on-line
  • Regionais
  • WhatsApp
  • Solicitação de Serviços
  • LOJA DA CELEPAR
  • Banner trânparência PTE
  • banner transparência