Casa Civil

Celepar

08/06/2017

Portal do Estado é reconhecido como um dos mais eficazes do Paraná

O comitê de Olho na Transparência, organização formada por representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PR), Conselho Regional de Economia do Paraná (Corecon-PR), Conselho Regional de Contabilidade do Paraná (CRC-PR) e Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas do Paraná (Sescap-PR), reconheceu o Portal da Transparência do Governo do Paraná como um dos mais eficientes e ágeis do Estado.

O reconhecimento foi formalizado por meio de ofício enviado ao governador Beto Richa. “Analisamos portais da transparência de todo o estado e de diversos órgãos – inclusive de empresas de economia mista - e o do Executivo é um dos que apresentam as informações com mais clareza”, afirma o economista e presidente do comitê, Gilberto Coelho de Miranda Junior.

De acordo com o economista, o Portal da Transparência do Paraná atende às exigências da entidade. “Leva aos cidadãos as informações em poucos cliques, de forma descomplicada e rápida”, ressalta Miranda Junior, explicando que o comitê monitora regularmente os portais para garantir que atendam a Lei da Transparência, que determina que órgãos públicos prestem informações sobre receitas e despesas. “Caso o comitê perceba inconsistência sugere ao órgão mudanças”, informa.

Atualização

O portal da Transparência do Paraná foi lançado em 2012, e desde então passou por mudanças significativas. A versão atual entrou no ar em 2016 e se consolidou como uma importante ferramenta de comunicação entre o cidadão e governo. São cerca de 60 mil acessos mensais. 

O portal traz informações completas sobre as receitas e despesas do governo, dados sobre a folha de pagamento dos servidores, entre outras questões, em alinhamento pleno com a Lei de Acesso à Informação. O site inclui gráficos e links para facilitar o usuário na leitura dos dados. 

A plataforma é gerenciada pela Secretaria de Estado da Comunicação Social, mas a atualização dos dados envolve todas as áreas da administração, e é feita de forma regular e varia de acordo com tipo de informação prestada. No caso das licitações, por exemplo, é em tempo real, enquanto os salários dos servidores são publicados uma vez por mês. “A premissa do site é levar a informação ao cidadão com apenas um clique”, afirmou o secretário Deonilson Roldo. 

Para isso, o planejamento de melhorias é constante, informa o secretário. Em quatro anos, o Portal ganhou duas novas versões, com mudanças no layout e inclusão de novos campos de busca. “A transparência é uma diretriz de governo e a busca pelo aprimoramento do portal é contínua”, reforça o secretário.

Celepar

A Celepar foi responsável pelo desenvolvimento do novo Portal da Transparência do Estado do Paraná. De acordo com Luciana Becker, empregada da Celepar e assessora no Comitê de Qualidade da Gestão Pública, “a parceria com a Celepar foi fundamental para que este projeto se transformasse em um produto definitivo. A empresa apoiou desde a concepção do novo projeto, nos temas disponibilizados, no desenvolvimento da solução, na disponibilização de novas tecnologias como o Business Intelligence, na barra de pesquisas e sinônimos, no design do portal, até no uso de mapas para facilitar a visualização das informações de uma forma mais intuitiva”, relatou Luciana. A reformulação do Portal da Transparência foi uma demanda inicial do Comitê de Qualidade da Gestão Pública, formado por oito componentes: Chefia do Gabinete do Governador, Chefe da Casa Civil, Secretário da Fazenda, Secretário do Planejamento, Secretário da Administração, Secretário da Comunicação Social, Secretário de Assuntos Estratégicos e o Controlador Geral do Estado.

O objetivo do novo portal é trazer transparência aos recursos financeiros administrados pelo Governo, assim como manter os cidadãos informados em relação àquilo que lhe é de interesse. “A criação do novo Portal da Transparência do Estado iniciou no segundo semestre de 2015 e teve sua primeira versão implantada em julho de 2016, com objetivo de melhor atender as exigências da Lei Federal 12.527/2011, denominada LAI – Lei de Acesso a Informação, na qual o Estado deve possibilitar o acesso às suas informações pelos cidadãos”, apontou Marco Venturini, gerente do projeto.

Uma premissa do portal é a utilização de uma linguagem humanizada para o fácil acesso da população, transpondo barreiras de comunicação e aproximando assim o Governo do cidadão. Simplificar o acesso à informação é uma busca constante e, neste sentido, diversas consultas em comum foram desenvolvidas para os portais de transparência dos órgãos. Há dois grandes benefícios que o portal traz para a administração pública: o primeiro é a qualificação das informações, a medida que os organismos de controle social e a população constantemente exigem informações mais criteriosas. O segundo é a melhoria de processos internos, já que estes também sofrem os impactos das exigências de informações mais qualificadas. “Transparência é essencial para democratizar o controle da sociedade sobre as ações públicas, contribuindo para eficácia e correção dos atos públicos. O projeto do novo Portal de Transparência é um importante desafio para a Celepar pois, ao lado de complexidades técnicas e de gestão de múltiplas áreas do governo envolvidas, nos traz a satisfação de oferecer à sociedade uma ferramenta útil e intuitiva para o exercício da cidadania”, finalizou Danilo Scalet, Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação da Celepar.

Atualmente o sistema encontra-se na sua terceira versão, a qual foi implantada em abril de 2017. Entretanto, ainda para julho desse ano está prevista a liberação de novos pacotes com diversas melhorias para o portal, que darão mais autonomia ao usuário na administração das informações. É um processo constante de aprimoramento e disponibilização de novas informações.

O porte expressivo do projeto reflete diretamente na equipe envolvida. Foi desenvolvido pela equipe Coordenação de Sistemas de Informação A3 (COSIN-A3), em parceria com várias outras equipes da Celepar – (COSIN-A1), COSIN-B3, COSIN-C2, SubGrupo Projeto GEOGOV (SBGEO), Gerência de Serviços de Comunicação Multimídia (GSCM), Divisão de Centrais de Atendimento (DICAC) e Gerência de Sistemas de Informação B (GSI-B). Tem como cliente principal a Secretaria de Estado da Comunicação Social, com acompanhamento do Comitê de Qualidade da Gestão Pública e monitoramento da Controladoria Geral do Estado.

Equipe

Danilo Scalet, Luciana Aparecida Antunes Becker, Juliana Wosniak de Morais, Cristiano Precoma, Marco Aurelio Venturini (Gerente de Projeto), Paulo Roberto Hagemeyer (Analista de Negócio), Marcelo Fermann Guimarães, Débora Ruedell, Jones Luiz Schiffl, Marcio Luiz Hein, Carlos Gomes Pessoa, Henrique Salatino Miorelli, Christianne Steil, Eduardo Iwersen, Maria Teresa Rodrigues Pahl, Josiane de Fatima Fabiano, Juliano Jose da Silva, Diogo Cesar Contin Micheta, Leandro de Araujo, Cristina Viomar, Fernando Jose Parissenti, Jorge Loss Chaves Junior, Nicolas Daniel Engels, Oksana Maria Wavruk Maruchin, Tatiana Garcia Pires, Karla Juliana Rodrigues, Julio Cesar de Melo, Carlos Henrique Roland, Jonathas Mikosz de Moura, Jocimar Gomes da Luz, Karin Matsumoto, Joseane Cristine Mota, Clarice Midori Yajima Maldonado, Diogo Bauer, Claudette Moras, Veronica Pereira da Silva Muller, Luana Pietszekovski, Rubia Basilli Beraldo Mendes Frontelli e Luciana Loli Vieira.

Fonte: Agência de Notícias
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.

  • Facebook

Central de Atendimento

  • Enviar mensagem
  • Chat on-line
  • Regionais
  • WhatsApp
  • Solicitação de Serviços
  • LOJA DA CELEPAR
  • Banner trânparência PTE
  • banner transparência