Casa Civil

Notícias

27/07/2017

Em parceria com a Celepar, Detran promove Curso de Smartphone para idosos

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) realizou nos dias 25, 26 e 27, o Curso Básico de Smartphone - Programa Inclusão Social da Pessoa Idosa, na sede em Curitiba. O curso foi organizado pela Coordenadoria de Gestão da Informação, Recursos Humanos, Escola Pública de Trânsito, e contou com apoio da Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar).

“Com os investimentos em tecnologia e geração de conhecimento, o Detran cumpre cada vez mais seu propósito de tornar a instituição democrática, que facilita e agiliza os serviços prestados aos cidadãos. Por meio de um diálogo descontraído e aulas práticas conseguimos tornar o uso das plataformas digitais mais simples e divertido”, explica o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.

Assuntos


Na primeira turma do Detran foram atendidas cerca de 17 pessoas, entre 50 e 75 anos. Nas aulas, os participantes aprenderam a ler e interpretar os ícones dos aplicativos de celulares, como configurar os aparelhos, as possibilidades de serviços pelos aplicativos do Detran e os cuidados ao navegar pela internet.

Para a instrutora e técnica em informática da Celepar, Dircelia Maria Alessi, ao inserir as pessoas idosas no mundo digital, é possível gerar autonomia de vida. “Muitos familiares não têm paciência e não explicam a função dos aplicativos e configurações dos aparelhos tecnológicos. Com a capacitação os participantes podem trocar experiências com pessoas na mesma faixa etária que possuem dúvidas parecidas”.

A professora aposentada, Sônia Luiza Ito, diz que com a modernidade os aparelhos estão cada vez mais cheios de funções e acaba ficando perdida. “Na terceira idade fica difícil para nós, mas precisamos nos esforçar e explorar o celular e o computador. A explicação nas aulas foi muito clara e o pessoal interagiu bastante. Isso abre as portas para o acesso aos serviços do Detran e de todo universo”, diz.

“O curso foi sensacional. Antes eu só sabia atender e desligar o celular. Eu precisava de ajuda sempre para ler as mensagens e olhar o facebook. Minha bisneta de cinco anos sabia mais do que eu e isso me deixava com vergonha. Agora eu sei que estou à altura”, comenta o aposentado na área administrativa de 70 anos, Gui Fernando Cassapula.

“Sempre tive dificuldade de usar os aplicativos. Agora além de acessá-los sei para o que cada um serve. Com essas aulas já podemos nos virar sozinho, inclusive no caso de precisarmos de uma informação sobre CNH, a gente pode encontrar pela internet”, afirma o motorista aposentado de 73 anos, Antônio Julios Budal.

Alunos

ANTONIO JONES BUDAL
GUI FERNANDO CASSAPULA
IARA DO ROCIO CARDOSO
JOÃO CARLOS SALLES
JORGE MASSAMI ITO
LIA DO ROCIO TIBRE SANTOS
MANOEL FERREIRA DA SILVA
MARIA ALICE DE MELLO CORDEIRO
NOSLEM SOARES DA ROCHA
OLGA BARANIUK
ONICE ROSARIO RABELLO
RUTH CHROMIEC
SONIA LUIZA KLOSS ITO
VERA LUCIA DA SILVA CARVALHO
VERA LUCIA GONÇALVES
VILMAR APARICIO ALVES CARDOSO
WANDA DA SILVA AlVES

Instrutores

Luiz Carlos de Lima
Noedy Parice Mendes Bertazzi
Eduardo Casemiro da Silva
Edison Luiz Batista Filho
Jorge Massami Ito Júnior
Rafael Demétrio Benvenutti
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.