Casa Civil

Notícias

31/10/2017

Celepar apoia ações de engajamento dos municípios paranaenses na implantação dos ODS

O Paraná quer se tornar o primeiro Estado brasileiro a integrar todos os seus 399 municípios nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), elaborados pela Organização das Nações Unidas (ONU). Para atingir esta meta, o Estado vem constituindo parcerias e estabelecendo diretrizes para aprimorar o projeto.

Por meio de alianças entre órgãos apoiadores como Celepar, Tribunal de Contas, Assembleia Legislativa, Copel, Sanepar e o Ipardes, estratégias vem sendo confeccionadas para o desenvolvimento do programa. Em evento realizado nesta segunda-feira (30 de outubro), no auditório do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), os gestores de cada um destes parceiros puderam expor as ações em andamento para que sejam implementadas estas medidas.

Os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável são uma agenda mundial de 17 itens e 169 metas, adotada durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, em 2015. Os objetivos previstos devem ser alcançados até 2030 e envolvem, por exemplo, ações para a erradicação da pobreza, segurança alimentar, saúde e educação.

A principal convidada do encontro foi a vice-diretora do programa Cidades do Pacto Global da ONU, Elizabeth Ryan. Também esteve presente a vice-presidente do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social do Paraná (Cedes), Keli Guimarães.

Elizabeth Ryan evidenciou a importância da construção de parcerias para a implementação dos 17 objetivos da ONU. Segundo ela, o pacto global vem mobilizando não só ao Paraná, mas todo o Brasil. A partir do foco nas especificidades dos municípios é possível mostrar as melhores políticas sustentáveis para o mundo. "Com as decisões globais e com todas as partes envolvidas, finalmente temos um mapa com os objetivos principais", afirmou.

Tecnologia

A Celepar, de acordo com o presidente Jacson Carvalho Leite, atua de modo a apoiar os demais agentes públicos, estaduais e municipais, na obtenção de informações estratégicas para a tomada de decisão em relação aos ODS. Como exemplos, ele citou o BI das ODS e o site no qual poderão ser cadastradas todas as iniciativas em prol dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

O presidente lembrou também que recentemente a companhia recebeu, pelo segundo ano consecutivo, o selo ODS Sesi 2017 com o projeto de Inclusão Social da Pessoa Idosa. A capacitação gratuita oferta pela Celepar às pessoas com idade superior a 60 anos abrange o Curso de Acesso à Internet e Redes Sociais, via computador, e o Curso Básico de Smartphone.

O conselheiro Fernando Guimarães ressaltou que o evento é uma ótima oportunidade para a integração de informações de qualidade. Esses dados possibilitarão que as instituições planejem seus orçamentos com base em programas anteriores.

A vice-presidente do Cedes disse que o maior foco do órgão é nas ODSs 3 e 16. A primeira diz respeito à saúde e bem-estar e a segunda abrange paz, justiça e instituições fortes. Ela defende que todas as instituições parceiras trabalhem conjuntamente. "Sabemos o Paraná que queremos em 2030 e estamos trabalhando para que isso aconteça sem deixar ninguém para trás", salientou Keli Guimarães.

O evento contou com demonstrações de ferramentas que vêm sendo desenvolvidas entre as instituições parceiras, como Celepar, Copel, Sanepar, Cedes, Ipardes, Virtú, Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e Organização Mundial da Família.

Celepar

A Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná, por meio da analista Cristina Viomar, apresentou o case de Business Intelligence (BI), que está sendo desenvolvido em parceria com o Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes). Este estudo será responsável por acompanhar os indicadores municipais referentes aos ODS, isto é, cases de BI desenvolvidos pela Celepar (Categorização ODS e BI ODS), referentes a algum Objetivo.

“Por enquanto, por meio do BI ODS, estamos trabalhando os Objetivos 1 (Erradicação da Pobreza) e 4 (Educação de Qualidade), o Ipardes está mapeando estes indicadores e remetendo à Celepar para que possamos incluí-los no Business Intelligence. Futuramente, esta ferramenta vai permitir aos gestores públicos uma visualização integrada, a fim de auxiliar no diagnóstico de algumas vulnerabilidades relacionadas aos ODS”, disse Cristina.

Outro analista que também falou em nome da Celepar no evento realizado no TCE, foi Roberson A. Faria. Ele explicou que foi desenvolvido para o CEDES (Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social) uma ferramenta para cadastro de iniciativas e boas práticas voltadas aos ODS. A solução, segundo ele, foi concebida como um sistema web no qual qualquer pessoa do 1º, 2º e 3º setor poderá, de maneira fácil e rápida, cadastrar suas entidades e iniciativas.

O sistema é integrado às principais redes sociais diminuindo a necessidade de longos cadastros e reaproveitando os dados informados/atualizados nas redes para manter sempre a página da iniciativa igualmente atualizada. “Com isso, o sistema, além de cadastrar estas informações, tem por objetivo a divulgação destas iniciativas de maneira unificada e integrada, ampliando, assim, a visibilidade das iniciativas que o Paraná possui visando os ODS”, informou Roberson Faria
.
Representante da Celepar no CEDES (Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social), o técnico Ataíde Prestes de Oliveira Júnior explicou que a companhia, através do desenvolvimento de tecnologias, vem colaborando para a divulgação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e, ao mesmo tempo, por meio de informações estratificadas, auxilia os gestores públicos em suas tomadas de decisões voltadas ao alcance da agenda 2030.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.

  • Facebook

Central de Atendimento

  • Enviar mensagem
  • Chat on-line
  • Regionais
  • WhatsApp
  • Solicitação de Serviços
  • LOJA DA CELEPAR
  • Banner trânparência PTE
  • banner transparência