Maior evento sobre tecnologia para gestão pública abordou serviço para cidadãos

Encontro apoiado pela Celepar reuniu diversos gestores de tecnologia no Estádio Joaquim Américo Guimarães e premiou soluções de entidades estaduais de tecnologia
Publicação
Editoria

No estádio Joaquim Américo Guimarães ocorreu nos dias 24 e 25 de novembro o pontapé inicial do principal evento brasileiro sobre tecnologia pública, o Seminário Nacional de Tecnologia da Informação e Comunicação para a Gestão Pública (SECOP), encontro apoiado pela Celepar e promovido pela Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação (ABEP).

Na abertura, o presidente da Celepar e da ABEP, Leandro Moura, contou que já são 49 anos em que o SECOP reúne os gestores de tecnologia de todo o país para a troca de experiências, informações e conhecimento. O objetivo do encontro é buscar soluções que facilitem as tomadas de decisões dos gestores públicos, e, principalmente, que tragam facilidade e acesso ao serviço público para o cidadão, o que ilustra o tema desta edição: “Governo e Tecnologia com foco no cidadão”.

"Estar respirando a tecnologia em ano de copa do mundo num estádio de futebol me enche de alegria, afinal, a tecnologia me acompanha a muitos anos em diversas etapas da minha vida, desde meus estudos e lugares onde trabalhei, no meu dia a dia e principalmente hoje ao presidir a Celepar e a ABEP, não há a menor possibilidade de pensarmos no presente ou no futuro sem pensarmos em tecnologia, e a nossa missão como gestores de tecnologia nos Estados é de utilizá-la da melhor forma possível, com transparência, integridade e sempre a serviço do cidadão", reforçou Leandro Moura.

Inovação e transformação digital no Estado

Na sequência, o superintendente geral de inovação no Estado, André Telles, lembrou que o SECOP tem em sua essência a transformação digital a favor do cidadão, e citou exemplos disso no governo. “Proporcionamos o agendamento online na Agência do Trabalhador, evitando filas para o cidadão conseguir atendimento. Outros exemplos são o aplicativo Paraná Serviços, que conecta o autônomo com quem necessita de um serviço, além do Paraná Pay, que ajudou o setor do turismo, muito afetado pela pandemia. Isso faz parte da política do governador Carlos Massa Ratinho Junior, de implementar a inovação a serviço do cidadão”.

Números e atrações do evento

O SECOP teve cerca de 50 palestras, divididas em cinco palcos simultâneos, executivos de mercado privado e de governo levam ao público conhecimento, experiências em cases de sucesso e informação técnica e estratégica. A palestra magna ficou sob responsabilidade do ex-presidente da Celepar, Allan Costa, oportunidade em que abordou o tema “Oportunidades para Governos Tech em um Mundo Hiper''.

O primeiro dia de evento recebeu mais de mil e quinhentos participantes, em um dos ambientes denominado feira de negócios, por exemplo, os inscritos tiveram a oportunidade de visitar mais de 60 estandes de instituições públicas e privadas no setor de tecnologia.

O evento teve aproximadamente 130 rodadas de campfires, nas quais, em grupos de 30 pessoas sentadas em roda, realizaram discussões de diversos temas do mundo tecnológico.

Premiação

Tradicionalmente, o SECOP promove o Prêmio e-Gov, concedido anualmente para reconhecer e incentivar o desenvolvimento de projetos e soluções de governo digital nas administrações públicas federais, estaduais e municipais que modernizam a gestão pública em benefício do cidadão.

Nesta edição, o grande vencedor foi o Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio Grande do Sul (Procergs), com a iniciativa Soluções Digitais para Enfrentamento da Pandemia de Covid-19 no RS. Várias soluções foram premiadas, e a lista pode ser acessada neste link.