Celepar participa do Simpósio Paranaense de Justiça, Ética e Compliance
11/03/2020 - 16:17

O 1º Simpósio Paranaense de Justiça, Ética e Compliance, contou com a participação do diretor administrativo-financeiro da Celepar, Pedro Carmona e também com o apoio da empresa. O objetivo do evento foi sensibilizar e capacitar profissionais dos setores público e privado, como funcionários das Secretarias de Estado do Paraná, empresários, sociedade civil e o público acadêmico sobre a importância da ética, da justiça, da integridade, da governança e do compliance.

“Esse evento surge dentro de um contexto nacional, que é debater importantes temas na área de governança, risco e conformidade, especialmente aqui no Estado do Paraná, onde estamos implementando, seguindo diretrizes da Controladoria do Estado, o programa de integridade em toda a administração pública”, justificou o Chefe do Departamento de Justiça, Felipe Eduardo Hideo Hayashi.

A programação do evento foi composta por três painéis. O primeiro teve como tema “Compliance anticorrupção, investigações e cooperação”, com mediação de Felipe Eduardo Hideo Hayashi (delegado federal integrante da equipe original da Operação Lava Jato e atual chefe do Departamento de Justiça da Sejuf) e participação de Luciano Flores de Lima (superintendente da Polícia Federal no Paraná), Carlos Fernando dos Santos Lima (procurador da República e membro das Força-Tarefa Lava Jato e Banestado) e Carlos Ayres (advogado e professor dos cursos de Compliance, Direito Penal Empresarial e Direito Administrativo na FGVLaw).

No segundo painel abordou o tema “Ética e Proteção de Dados – Acesso à Informação Pública versus Proteção de Dados”, com mediação de Luiz Gustavo Gomes Andrioli (secretário de Controle Externo do Tribunal de Contas da União no Paraná e presidente da Rede de Controle da Gestão Pública no Paraná), com a participação do diretor administrativo-financeiro da Celepar, Pedro Carmona Gallego (diretor da Celepar), de Cristiano Lisboa Yazbek (advogado e Diretor do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação – IBPT) e do advogado e parecerista Rodrigo Pironti Aguirre de Castro.

O diretor Pedro Carmona, explanou sobre a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Ele ressaltou a importância do tema, bem como as iniciativas da empresa sobre este assunto, além do cenário atual em que esta lei vai vigorar.

Por sua vez, o terceiro painel debateu “Governança, Gestão de Riscos e Controle Interno), com mediação de Rodrigo Schmidt (coordenador de compliance e assessor do Departamento de Relações Internacionais da Fecomércio e presidente da Apaex), com participação de Raul Siqueira (controlador-geral do Estado do Paraná), Vicente Loiácono Neto (diretor de Governança, Risco e Compliance da Copel) e Rita de Cássia Gorny Becher (gerente de Governança, Risco e Compliance da Sanepar).

No encerramento, o simpósio realizado dia 4 de março contou com a palestra magna do procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador geral da Força-Tarefa da Operação Lava Jato, que falou sobre “Aspectos Comportamentais do Compliance”.

Simpósio

O evento foi promovido pelo Departamento de Justiça da Secretaria de Justiça, Família e Trabalho (Sejuf) e a Associação Paranaense de Ex-Bolsistas Brasil e Japão (Apaex), em conjunto com a Escola de Gestão do Paraná e Controladoria-Geral do Estado do Paraná.

Últimas Notícias