Cidades Inteligentes é tema de reunião entre órgãos do Estado e Valência na Celepar
20/05/2019 - 10:33

Após estabelecer um acordo de cooperação com Valência, órgãos vinculados à Governança Estadual de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) estiveram reunidos na Celepar dia 16 para discutir e apresentar soluções tecnológicas voltadas ao tema cidades inteligentes.

O Estado foi selecionado em um projeto de Cooperação Urbana Internacional da União Europeia com a América Latina e o Caribe, que objetiva identificar e destacar as vantagens competitivas de cada região e mobilizar as partes interessadas e os recursos regionais em torno de uma visão voltada para a excelência e para o futuro. Quem será a intermediadora dos conhecimentos para a região do Paraná será a Comunidade Valenciana através do Instituto Valenciano de Competitividade Empresarial (IVACE).

Conforme mencionado pelo diretor de projetos e negócios internacionais da Assespro-PR e consultor do SEBRAE na Governança estadual de TIC Izoulet Cortes Filho, o projeto no Estado contempla as seguintes dimensões: a vertical; sendo a transformação digital, a indústria agroalimentar e as cidades inteligentes; e a horizontal que são as estratégias para o desenvolvimento da economia baseada em tecnologia e que seguem as localidades dos arranjos produtivos de software no Paraná. São eles: Curitiba, Londrina, Maringá, APL Iguaçu com cidades polo como Foz do Iguaçu, Cascavel, Marechal Cândido Rondon, Medianeira e Sudoeste. Há também a dimensão transversal, que se trata da cooperação universitária.

Izoulet destacou ainda que esta reunião proporcionou uma grande oportunidade de discutir a sustentabilidade e ações de desenvolvimento sustentável, uma vez que o tema cidades inteligentes dispõe de 3 componentes fundamentais, água, energia e saúde, pilares para a inovação dentro Estado de forma a promover o desenvolvimento econômico.

Para o diretor do Icities, Beto Marcelino, quando conseguimos a integração e a composição entre elementos importantes como o governo, as empresas, sejam elas estatais ou privadas deixamos um legado na integração das informações. "Este encontro também mostrou a potência que é a Itaipu nos ouvindo e vendo as apresentações de cases, bem com o papel da Celepar como integradora, ao abrir as portas para nos receber, ao mesmo tempo em que mostrou soluções de TIC que são a base do tema cidades inteligentes, tendo a inovação como grande aliada neste processo".

Gestor pelo Instituto Valenciano de Competitividade Empresarial, Roberto Algarra afirmou que a visita "superou as expectativas, pois tivemos uma grata impressão do nível de conhecimento sobre cidades inteligentes difundido no Estado do Paraná. Desta forma, enxergo a parceria entre Valência e o Estado como um ganha-ganha, tanto de benefícios e aprendizado de ambas as partes".

Diretor do Instituto Tecnológico de Informática de Valência, Daniel Saez explicou que a reunião foi muito produtiva, porque vimos a capacidade e potencial que a cidade de Curitiba e municípios paranaenses tem para oferecer em estratégias para a implantação de cidades inteligentes, não somente no Paraná e em Valência, mas a nível mundial.

Participaram da reunião representantes da Agência de Inovação de Curitiba, Celepar, Copel,  Icities, Sanepar, Sistema Fiep,  Smart Green,  e Itaipu por webconferência.

Acordo

O Paraná estabeleceu um acordo com Valência, na Espanha, a fim de criar um canal de integração e um ambiente propício para o desenvolvimento da tecnologia da informação e comunicação (TIC). Um termo de cooperação foi assinado entre a Agência Paraná de Desenvolvimento, a Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro) e o IVACE.