Mais que segurança, aplicativo 190 Paraná oferece inclusão e acessibilidade
29/01/2020 - 18:03

Além de ser intuitivo como qualquer outro frequentemente utilizado e possibilitar chamadas de emergência sem ligação telefônica, o aplicativo 190 Paraná atua de forma acessível e inclusiva aos deficientes auditivos. Atualmente, são mais de 370 cadastros de usuários com deficiência fonoaudiológica e auditiva, que podem acionar os serviços da Polícia Militar do Paraná sem a necessidade de ajuda de terceiros.

O usuário pode baixar o aplicativo (disponível no Google Play para Android ou no App Store para iOS) fazer o cadastro inicial e então já poderá realizar o contato com a Polícia Militar para emergências. Todas as ocorrências têm a localização informada, e o app permite ainda que o usuário troque mensagens com a central da PM em tempo real, além de enviar áudios, fotos e vídeos com até 10 segundos.

“A Celepar possui o compromisso de proporcionar acessibilidade ao cidadão paranaense, o app 190 é uma das nossas soluções que reafirmam isso. Desta forma, unimos a inteligência e a tecnologia com a inclusão em algo muito importante, a segurança pública”, ressaltou o presidente da Celepar, Leandro Moura.

Mais de 21 mil usuários estão utilizando o app 190 no Estado, totalizando cerca de 200 municípios, número que em breve deve aumentar e alcançar todas as regiões do Paraná. O acionamento se torna muito mais rápido e prático, além de fornecer transparência em todo o processo da ocorrência: desde o registro de B.O, à chegada da polícia e atendimento da chamada. Todas as informações e arquivos de mídia ficam armazenadas e podem ser utilizadas futuramente como prova, caso houver necessidade.

O aplicativo 190 Paraná é uma parceria entre a Polícia Militar e a Celepar, que desenvolveu e viabilizou a ferramenta, pioneira em acionamentos de emergência por aplicativo. No entanto, a PM notou que o atendimento excluía aquele que tem dificuldade auditiva e de fala, e buscou solucionar este problema junto à Celepar. Hoje, a Polícia Militar está acessível para 100% da população do Paraná.

O coronel Lanes Randal Prates Marques, chefe do Estado Maior da Polícia Militar do Paraná, afirma que a PM do Estado é uma das poucas polícias no mundo que consegue dar acessibilidade a toda a população, inclusive pessoas com deficiência. “Todos os cidadãos conseguem acessar a polícia militar, e isso dá uma garantia de segurança, para que eles tenham uma proteção adequada do poder público”, diz.

Além disso, coronel Prates reforçou as funcionalidades do aplicativo, como o avatar que traz todos os comandos necessários, o que já foi elogiado, inclusive, por escolas de libras no Estado.

Para Luciano Dyniewicz, presidente da Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (FEINES PR), iniciativas como esta da Polícia Militar, são um sinônimo de inclusão e empatia com a comunidade surda. “Isso facilita a comunicação entre a nossa comunidade e a polícia”.