Aplicativo vai avisar quando estudantes faltarem às aulas no Paraná
12/12/2018 - 15:19

O aplicativo Escola Paraná, desenvolvido pela Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar) em parceria com a Secretaria de Estado da Educação do Paraná (Seed/PR) foi atualizado com uma nova funcionalidade, que notifica os pais ou responsáveis em caso de faltas dos estudantes às aulas.

O comunicado, que é enviado automaticamente aos usuários do aplicativo, avisa o horário e a disciplina em que a falta ocorreu. Assim, será possível identificar quando os alunos se ausentarem propositalmente da instituição de ensino sem o conhecimento de seus familiares e também identificar alguma situação de risco. Em funcionamento desde o dia 22 de novembro, a novidade foi bem recebida pelos 300 mil usuários do app.

“A integração do app com o sistema Registro de Classe Online (RCO) permite que os pais recebam a notificação no momento do registro de falta do aluno, ainda com o professor em sala de aula, sendo o diferencial do aplicativo em relação a outras soluções no mercado”, afirma Marcelo Fontes, analista da Celepar responsável pela equipe que desenvolveu o app.

App Escola Paraná

Lançado em agosto de 2017, o app oferece diversos recursos como divulgação do boletim escolar, agenda, grade de disciplinas e aviso de eventos. O objetivo é facilitar o acesso às informações relacionadas à vida escolar de cada estudante. No entanto, as funcionalidades só estão disponíveis nas escolas estaduais que utilizam o sistema RCO, ferramenta digital em que os professores registram a presença dos alunos e resultados de avaliações. “Hoje, 1436 das 2149 escolas do Paraná utilizam esse sistema digital”, informou Claudio Aparecido de Oliveira, coordenador do Núcleo de Informática e Informações da Seed.

Para utilizar o serviço, basta realizar o download gratuito do app Escola Paraná, disponibilizado para os sistemas operacionais Android e iOS, e acessar o perfil do aluno. Depois, é necessário digitar o número do CPF do estudante ou Cadastro Geral de Matrícula (CGM). O telefone também precisa estar atualizado. Por isso, nos casos em que ele não estiver correto, é necessário entrar em contato com a secretaria da instituição de ensino para realizar a atualização e aguardar 24 horas.

Fonte: Gazeta do Povo

Confira as fotos