Matricular-se na rede estadual de ensino do Paraná

O que é

É a possibilidade de efetivar a matrícula ou a rematrícula de estudantes no Ensino Fundamental II e no Ensino Médio nas escolas públicas do Estado.

Quem pode se matricular

Jovens que irão cursar o Ensino Fundamental II (do 5º ao 9º ano) ou o Ensino Médio (do 1º ao 3º ano) em 2020.

A matrícula deve ser feita pelos pais ou responsáveis.

Onde se matricular

Pela internet ou pessoalmente nas escolas.

Como se matricular

Pela internet

O responsável pelo estudante informa o CPF e número de celular. Um código de validação será enviado por SMS. Uma vez com acesso à Área do Aluno, basta clicar em "Matrícula Online", no menu lateral da página, para dar continuidade ao processo.

  • Para os jovens já matriculados nas escolas estaduais: o responsável deverá confirmar a vaga na instituição de ensino em que o estudante já está matriculado. Se os pais ou responsáveis quiserem tentar uma vaga em outra unidade, podem indicar até três escolas e aguardar o resultado da solicitação, que será divulgado no início de dezembro.
  • Para alunos novos: os pais ou responsáveis devem acessar o sistema e confirmar a matrícula na instituição de ensino sugerida pela secretaria estadual - a escola mais próxima do endereço residencial. Caso haja preferência por uma escola diferente da sugerida, os responsáveis podem indicar até três instituições em que desejem tentar uma vaga e aguardar o resultado da solicitação.

ATENÇÃO: após a confirmação da matrícula pela internet, os responsáveis devem levar a documentação exigida pessoalmente na escola. Essa etapa do processo começa em janeiro, de acordo com o calendário estipulado por cada instituição de ensino.

Os documentos são: certidão de nascimento, certidão de casamento ou RG, comprovante de residência e fatura de energia atualizada, histórico escolar ou declaração de escolaridade da escola de origem ou declaração de escolaridade emitida pelo Sistema Estadual de Registro Escolar (Sere) e declaração de vacinação.

Pessoalmente

  • Para os jovens já matriculados nas escolas estaduais: o pai ou responsável deve ir até a escola com a declaração de vacina e o comprovante de residência  
  • Para jovens do 5º ano ano matriculados em escolas municipais: o responsável receberá, na escola municipal, a indicação de qual escola o aluno deverá ser matriculado. Se os pais preferirem uma escola estadual diferente da indicada pela Secretaria de Educação, eles devem ir até a instituição de sua preferência e fazer o cadastro na fila de espera. Em ambos os casos precisam levar: originais e cópias de RG, certidão de nascimento, comprovante de residência e declaração de vacinação
  • Para alunos da rede estadual que querem mudar de escola: o responsável deve ir até a instituição em que gostaria de tentar vaga e fazer o cadastro na fila de espera. Nesse caso, é necessário levar: originais e cópias de RG, certidão de nascimento, comprovante de residência e declaração de vacina

Prazo

As matrículas começam em 21 de outubro e vão até 1º de novembro.


Forma de atendimento:

Diferentes meios

Quanto custa:

Gratuito